Bancada de Oposição visita obras inacabadas no Sertão

Por solicitação do deputado Júlio Cavalcanti, a Bancada de Oposição da Assembleia Legislativa levou o Pernambuco de Verdade para o Sertão do Moxotó. Os parlamentares visitaram nessa sexta-feira (20) uma série de obras inacabadas de responsabilidade do Governo do Estado, particularmente em Buíque e Arcoverde. Participaram das visitas os deputados Silvia Costa Filho, Augusto César, José Humberto e Edilson Silva.
No roteiro, a Estrada do Catimbau (Buíque), o Campus da UPE, a sede do Corpo de Bombeiros, a Escola Técnica e o Aeródromo de Arcoverde. O Hospital Regional de Arcoverde, que acumula denúncias da população por falta de médicos, de medicamentos e de pessoal terceirizado, também foi visitado.
Em Buíque, os parlamentares visitaram as obras da estrada do Catimbau, completamente abandonadas pelo Governo do Estado. Logo em seguida, a comitiva de deputados participou de entrevista na rádio Buíque FM. Na emissora, o deputado Júlio Cavalcanti falou dos objetivos da visita e lamentou que a Escola Técnica, apesar de pronta, não está funcionando para beneficiar os estudantes de Buíque. Na cidade, tiveram a companhia dos vereadores Peba do Carneiro, Felinho e Anísio de Dedé.
Já na cidade de Arcoverde, os deputados visitaram a área aonde deveria estar sendo erguida a sede do Corpo de Bombeiros, às margens da BR 232. Também foram ao aeroporto da cidade, que está completamente degradado, com cercas quebradas e pista de pouso servindo de diversão para proprietários de drones. Em seguida, os parlamentares, já acompanhados do vereador Luciano Pacheco, do presidente da OAB Arcoverde, César Macedo, e lideranças locais, foram conferir in loco a situação crítica do Hospital Regional de Arcoverde.
A grave crise vivida pelo Hospital Regional de Arcoverde foi testemunhada pelos deputados oposicionistas. Logo na emergência, o grupo foi surpreendido pelo movimento de pessoas que superlotavam a recepção do hospital e presenciaram o caso de uma senhora de mais de 80 anos que desde as 06h30 estava numa maca à espera de atendimento, sem falar nas demais pessoas que aguardavam o atendimento médico.
Da emergência, os parlamentares seguiram até a direção do HRA para falar com o diretor da unidade. Chegando ao local foram surpreendidos pela ausência do mesmo que, segundo informações de funcionários do próprio hospital, tinha acabado de sair assim que a comissão de parlamentares chegou ao hospital. Do local, os deputados se dirigiram a rádio Itapuama FM.
Em entrevista à rádio Itapuama FM, o deputado Júlio Cavalcanti cobrou do governo do estado e do município uma atitude mais direta e eficiente para resolver o drama do HRA que afeta milhares de pessoas. Os parlamentares também defenderam e vão propor na Assembleia Legislativa a realização de uma audiência pública com o Secretário de Saúde, o Ministério Público e outros órgãos, com o objetivo de dar uma solução definitiva para o drama do Hospital Regional de Arcoverde.
“O governador gasta mais de R$ 40 milhões com a Arena Pernambuco e não pode gastar R$ 3 milhões para deixar o hospital funcionando, livre das dívidas e contratando novos médicos?”, questionou o deputado Júlio Cavalcanti.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s