Cadê a estrada do Vale do Catimbau, Governador?

PLEN261015Vocês sabiam que Pernambuco tem as suas sete maravilhas? A eleição foi feita por meio de uma parceria entre o Sistema Jornal do Commercio e a Empetur, já há alguns anos. E entre Fernando de Noronha, Porto de Galinhas, Cachoeiras de Bonito, e outras, está o Vale do Catimbau, na nossa cidade de Buíque. Falo nossa porque também sou cidadão buiquense. E não apenas como cidadão buiquense que venho a esta tribuna na tarde de hoje. Venho como pernambucano e como deputado estadual que sou, representante do povo de Pernambuco. E vou cobrar, mais uma vez, o que foi prometido pelo Governo do Estado e não fui cumprido.

Ontem o Jornal do Commercio publicou uma reportagem muito boa sobre as trilhas do Vale do Catimbau. E, realmente: é um lugar que deve ser conhecido e visitado. É de uma beleza impressionante, formado por serras, vales e rochas sedimentares. São 90 mil hectares de encher os olhos de qualquer um. Mas é vítima de um grande mal: o descaso do Governo do Estado.

Não é de hoje, senhoras e senhores, que cobro a obra da estrada do Catimbau. Na época da campanha, no ano passado, tava cheio de gente lá, trabalhando. Depois que passou a eleição, o serviço parou. E a consequência disso é que tudo que foi feito à época já não serve mais, precisa ser feito novamente. Os tubos que fariam a drenagem já estão destruídos. A terraplenagem já se acabou, não resistiu à ação do tempo. O que isso significa? Que era uma obra eleitoreira, infelizmente. Que por conta disso, a obra vai ter que começar do zero de novo. Que o povo de Pernambuco paga duas vezes pelo mesmo serviço por uma total e completa falta de planejamento dos recursos públicos por parte do Executivo.

Já falamos várias vezes com o secretário Felipe Carreras sobre a importância do Vale do Catimbau, mas ali é só promessa. Como é que pode uma coisa dessas? Um local, escolhido com uma das sete maravilhas de Pernambuco, por meio de uma campanha feita em parceria com a própria Secretaria do Governo, negligenciado dessa forma pelo Estado?

Enquanto isso, toda uma região perde. Perde porque se o acesso fosse bom, haveria mais turistas. Se há mais turistas, consequentemente há movimentação econômica. Artesãos, empresários, comerciantes formais e informais. Todos perdem. Perde o Estado, que poderia vender esse destino como o que ele realmente é: uma das maravilhas que temos aqui. Perde o povo, que tem que pagar pela má gestão das finanças do Estado. É, de fato, lamentável a falta de visão dos nossos gestores do Executivo.

Então, fica aqui o nosso apelo, novamente, para que seja feita a estrada que dá acesso ao Catimbau. Para que nosso Estado não seja bom apenas na propaganda. Para que as coisas sejam feitas com começo, meio e fim. Como ter que ser.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s