Júlio Cavalcanti destaca, no plenário, ato público contra nepotismo em Arcoverde

tribuna_julioNa reunião plenária desta terça-feira (04), o deputado Júlio Cavalcanti foi à tribuna para falar sobre o ato público que aconteceu em Arcoverde na última semana, promovido pelo vereador Luciano Pacheco, com o objetivo de protestar contra o nepotismo que se instalou na prefeitura do município. Vários segmentos da sociedade e os movimentos sociais se mobilizaram para combater essa prática.
“Eu, que já fui secretário no município, conheço de perto a estrutura administrativa de Arcoverde. Sei, por exemplo, que quando Zeca Cavalcanti era prefeito e entregou o governo à atual gestora havia pouco mais de 80 cargos comissionados. Mas hoje a prefeitura tem mais de 160 cargos – isso fora os contratos!”, afirmou o parlamentar.
O deputado garantiu que vai se manter atento às vozes do povo, que pedem à gestão de Arcoverde saúde, educação, segurança. “O povo pede o que é direito básico para o cidadão. Mas realmente uma má gestão não tem como atender aos anseios do povo, pois gasta dinheiro para pagar a família e não tem verba para investir na cidade. Isso tem que acabar!!!”, disse.
O parlamentar disse, ainda, que vai acompanhar a ação do Ministério Público e demais órgãos de fiscalização, que receberam as denúncias ao final do
ato público e tem a responsabilidade de apurar as denúncias e, se for o caso, estabelecer as penas para a administração. “Arcoverde precisa voltar a respirar um ar de modernidade, e não retroceder mais. Não vamos nos calar e nem fechar os olhos para o que há de errado na Prefeitura e vamos continuar trabalhando para que Arcoverde cresça e tenha um futuro com mais democracia, respeito, ética e transparência”, finalizou.

Anúncios